Categorias: Serviços de fabricação eletrônica Desenvolvimento de Eletrônicos & Produção

Trabalhando com um fornecedor OEM ou EMS? Como escolher?

A indústria de fabricação de eletrônicos tem crescido rapidamente nos últimos anos. Isso se deve à crescente demanda por dispositivos eletrônicos, como smartphones, laptops, comprimidos, e outros aparelhos eletrônicos. Para atender a esta demanda, Fabricantes de equipamentos originais (OEM) e Serviços de fabricação eletrônica (EMS) fornecedores emergiram como atores cruciais na indústria. E é importante entender esses dois tipos de fornecedores para tomar uma decisão informada sobre qual fornecedor escolher para suas necessidades de fabricação..

Neste blog, exploraremos as diferenças entre fornecedores OEM e EMS, seus prós e contras, e como escolher o fabricante certo para seus produtos eletrônicos.

O que é OEM?

Fabricantes de equipamentos originais (OEMs) são empresas que projetam e fabricam produtos eletrônicos sob sua própria marca. Eles são responsáveis ​​por todo o processo de produção, do projeto à fabricação, ao marketing e vendas. Os OEMs são geralmente grandes empresas com amplos recursos e experiência em desenvolvimento de produtos e marketing. Eles têm suas próprias instalações de fabricação e empregam uma grande força de trabalho de engenheiros, designers, e técnicos.

O que é EMS?

Serviços de fabricação eletrônica (EMS) fornecedores são empresas que oferecem fabricação e gestão da cadeia de abastecimento serviços para OEMs e outras empresas que precisam terceirizar suas operações de fabricação. Provedores de EMS são especializados na fabricação de componentes eletrônicos, reunindo-os em produtos acabados, e gestão da cadeia de abastecimento desde as matérias-primas aos produtos acabados. Os provedores de EMS também podem oferecer serviços adicionais, como design e teste de produtos.

Diferenças entre OEM e EMS

OEMs e empresas EMS têm diferenças distintas em suas prioridades, competências essenciais, e utilização de recursos de fabricação. Por exemplo, Os OEMs geralmente têm equipamentos de montagem em superfície que requerem tempos de configuração mais longos, mas podem funcionar mais rápido, juntamente com células de construção dedicadas e linhas de produção para sua gama de produtos. Em contraste, As empresas de EMS dão importância à agilidade e fazem investimentos em equipamentos que facilitam trocas e programação mais rápidas, o que leva a uma maior flexibilidade. Contudo, isso pode resultar em taxas operacionais mais baixas.

além disso, Os OEMs projetam seus próprios produtos e possuem um portfólio de produtos estabelecido, resultando em uma baixa frequência de introduções de novos produtos. portanto, não há necessidade de compartilhar a documentação de construção com fornecedores terceirizados se os OEMs estiverem construindo os produtos internamente. Pelo contrário, As empresas de EMS colaboram com vários OEMs em diversos mercados e são regularmente incumbidas de fornecer novos produtos para seus clientes. Consequentemente, deles introdução de novo produto (NPI) procedimento exige ser mais sofisticado e resiliente para lidar com o fluxo de dados e níveis inconsistentes de abrangência para cada cliente e produto único que eles produzem.

Em termos de expertise em cadeia de suprimentos, em comparação com OEMs, As empresas de EMS são obrigadas a lidar com uma cadeia de suprimentos mais ampla e mundial devido a seus produtos para vários clientes e vários produtos, exigindo assim experiência avançada em cadeia de suprimentos. Além disso, EMS companies often have a more extensive breadth of experience than OEMs’ engineers in designing test solutions for a variety of PCB assemblies and “box build” products.

Como consequência dessas diferenças, o período de tempo necessário para que um OEM recupere seus investimentos geralmente é muito maior do que o das empresas EMS.

OEM x EMS: Como escolher?

Ao decidir entre trabalhar com um fornecedor OEM ou EMS, é importante pesar as vantagens e desvantagens exclusivas de cada modelo:

Prós e contras de trabalhar com um OEM

Trabalhar com um OEM tem várias vantagens, por um lado, Os OEMs têm controle total sobre o projeto do produto e o processo de fabricação, que garante produtos de alta qualidade e permite que eles façam alterações de forma rápida e fácil. Além disso, Os OEMs normalmente têm mais recursos e experiência do que os fornecedores de EMS, permitindo-lhes lidar com projetos mais complexos e ter maior experiência em design e fabricação de produtos.

Contudo, também há desvantagens em trabalhar com um OEM. primeiramente, Os OEMs tendem a ser mais caros do que os fornecedores de EMS devido aos custos indiretos mais altos associados à sua total responsabilidade pelo design e fabricação do produto. Em segundo lugar, Os OEMs podem ser menos flexíveis do que os fornecedores de EMS porque normalmente seguem um processo específico e podem relutar em se desviar dele para atender às necessidades específicas de um cliente.

No geral, as empresas precisam considerar cuidadosamente as compensações entre as vantagens e desvantagens de trabalhar com um OEM para decidir se é a escolha certa para suas necessidades específicas.

Prós e contras de trabalhar com um provedor de EMS

Um dos principais benefícios de trabalhar com um fornecedor de EMS é a relação custo-benefício, pois eles são especializados em fabricação, permitindo-lhes produzir produtos de forma mais eficiente do que os OEMs. Além disso, Os provedores de EMS podem adaptar seus serviços para atender às necessidades específicas do cliente, proporcionando maior flexibilidade.

Contudo, trabalhar com um provedor de EMS também tem desvantagens. Por exemplo, eles podem não ter o mesmo nível de especialização em design e engenharia de produtos que os OEMs, limitando sua capacidade de lidar com projetos complexos. Além disso, Os fornecedores de EMS podem ter menos controle sobre o processo de fabricação do que os OEMs, o que pode aumentar o risco de problemas de qualidade e defeitos do produto.

Principais considerações ao escolher seu parceiro de fabricação

Depois de decidir entre um fornecedor OEM ou EMS, a próxima etapa crítica é selecionar o fabricante específico certo dentro dessa categoria. Aqui estão alguns fatores a serem considerados ao fazer essa escolha:

  • Experiência: Ao escolher um fabricante, é melhor escolher um fabricante com experiência rica em vez de um novato. O melhor é uma empresa de manufatura com experiência em projetos semelhantes. Eles podem atender melhor às suas necessidades. Mais importante, eles podem fazer previsões de mercado precisas com base na experiência de projetos anteriores e responder com flexibilidade às mudanças.
  • Qualidade: A qualidade deve ser uma prioridade máxima ao selecionar um fabricante. É crucial trabalhar com um fabricante de eletrônicos com rígidos controles de qualidade, pois produtos abaixo do padrão podem arruinar sua reputação e negócios. Portanto, é necessário entender seu processo de controle de qualidade e certificados relacionados para garantir que os produtos produzidos atendam aos padrões de qualidade.
  • Custo: O custo é um fator importante ao selecionar um fabricante. Embora possa ser tentador optar pelo menor lance, é importante considerar os custos de longo prazo de trabalhar com um fabricante que produz produtos de qualidade inferior ou tem interrupções frequentes na cadeia de suprimentos.
  • Capacidade de produção: Certifique-se de que o fabricante escolhido tenha capacidade de produção suficiente para atender às suas necessidades, especialmente para projetos de alto volume. Suas capacidades determinam se seu produto será entregue e lançado no prazo. Fabricantes confiáveis ​​sempre podem acompanhar sua programação porque possuem máquinas e tecnologia líderes do setor.
  • Comunicação: A comunicação eficaz desempenha um papel vital na colaboração com um fabricante. Recomenda-se selecionar um fabricante que seja rápido em sua resposta, aberto em seus negócios, e preparados para cooperar com você na resolução de quaisquer desafios que possam surgir. Também é importante garantir que o fabricante fale seu idioma literal e figurativamente.
  • Observância: É essencial verificar se o fabricante selecionado está em conformidade com todas as regras e padrões relevantes do setor em relação à conformidade. Isto é particularmente importante se o seu produto estiver sujeito a conformidade regulatória como padrões de segurança ou ambientais.

Conclusão

Escolher o fabricante certo é fundamental para o sucesso do seu produto eletrônico. OEMs e provedores de EMS têm seus próprios prós e contras, e a escolha dependerá de suas necessidades e prioridades específicas. Ao selecionar um fabricante, considere fatores como experiência, qualidade, custo, capacidade de produção, comunicação, e conformidade.

Se você está procurando um provedor de EMS confiável, A tecnologia MOKO é uma ótima opção. Temos mais 15 anos de experiência na indústria de fabricação de eletrônicos e oferece uma gama completa de serviços, incluindo design, prototipagem, fabricação eletrônica, teste, e montagem. Somos capazes de fornecer serviços de alta qualidade a um preço competitivo, entre em contato conosco agora para obter mais detalhes.

Ryan Chan

Ryan é o engenheiro eletrônico sênior da MOKO, com mais de dez anos de experiência nesta indústria. Especialização em design de layout de PCB, design eletrônico, e design embutido, ele fornece serviços de design e desenvolvimento eletrônico para clientes em diferentes áreas, da IoT, CONDUZIU, para eletrônicos de consumo, médico e assim por diante.

Postagens recentes

  • Fabricação de PCB & Montagem

O que é uma PCB de backplane? Um Guia Abrangente

Backplane PCB is the high-speed backbone that turns complex computing and communication systems into realities.

  • Fabricação de PCB & Montagem

Como dessoldar: Um guia passo a passo para 6 Métodos Eficazes

A soldagem de componentes eletrônicos em placas de circuito é uma etapa muito necessária na montagem de PCBs. Contudo,…

  • Conhecimento de PCB

O que causa curto-circuito na PCB e como você pode detectá-lo?

Have you ever had your smartphone suddenly turn into a hand-warmer or stubbornly refuse to

  • Componentes eletrônicos

Seu guia definitivo para pacotes QFN: Estrutura, Tipos, Benefícios

Os dispositivos eletrônicos estão avançando rapidamente, eles exigem designs compactos e eficiência. Among many choices

  • Fabricação de PCB & Montagem

Fluxo de solda: O que é e por que você precisa disso?

No processo de montagem de PCB, a soldagem é uma etapa muito crítica. Através de soldagem, componentes eletrônicos…

  • Conhecimento de PCB

Placa de Circuito Azul: Definição, Vantagens e Fabricação

Além do PCB verde, the blue circuit board is the second most common type